21/05/07

Festejar a derrota dos outros

O que me deixa surpreendido não é a alegria de ter ganho o campeonato e toda a gritaria consequente. Pelos vistos, é a alegria de ver os adversários derrotados.
E adversários muito importantes, diga-se: o principal visado até ficou em 3.º lugar...
Quanto às notas musicais e à adjectivação, só se ofende quem for susceptível à letra e ao tom…

2 comentários:

Iceman disse...

Ora viva Victor.

É o costume quando esse clube do Norte vence qualquer coisa, são incapazes de sentir o prazer da vitória, por isso eu há muito tempo que digo que nessas alturas não é esse clube do Norte que ganha, mas sim o Benfica que perde.

Pessoalmente mete-me nojo a forma como tudo e todos branqueiam o passado desse clube e assim lá vamos ter que apanhar com esses tipos que ainda dizem que ganham contra tudo e contra todos. Coitados, deviam querer que Apitos Dourados fossem promulgado na Assembleia da República.

E viva o futebol nojento português.

V.F. disse...

Eheheh!
Essa dos apitos dourados... :) Só faltava essa!
Mas aquela malta, na av. dos aliados, a comemorar daquela forma rude em dia que devia ser a festa do futebol português, é...inqualificável (quem é que costuma dizer isto ultimamente?)

Um abraço, e até já

Victor