03/10/06

Manifesto Contra os Recibos Verdes

Mais que a antítese do elogio ao recibo verde, se calhar ainda mais que o desprezo a essa forma de pagamento que isenta as entidades empregadoras dos vínculos contratuais indesejados e demais encargos. A ler aqui o manifesto contra esses livrinhos em formato de caderneta!
Mas esta é uma das duas faces da mesma moeda, não se devendo dissociar uma da outra, e ao fazê-lo, seria ignorar a liberalização do mercado de trabalho, com todos os seus predicados e defeitos, é certo.

2 comentários:

sa morais disse...

Morte aos recibos verdes! E pró raio que parta quem os inventou! :)

abraço!

V.F. disse...

:)
Não há raio que os parta, a esses...pois quem os inventou está agora em Belém.
Abraço