24/08/06

De olhos postos em Plutão!

Nunca experimentaram aquela sensação quando se fixa um objectivo, ou uma meta, fazer o percurso todo com os olhos (e a mente) postos no objectivo, e a passos largos, sabendo que estamos quase a atingi-lo, acabar por correr tudo bem?
É o que acontece na sequência dos nomes do actual sistema solar, ao ser deslindado por um petiz. O meu, com cerca de 5 anos, aprendeu no “planetário” de Torredeita a ladainha dessa sequência, e andou, altivo, dias a fio a debitar esse relambório dos astros.
Agora sem Plutão no fim da linha, como é que ele se vai lembrar dos restantes?

Vai ser votada em Praga, por 2500 astrónomos, a proposta para relegar Plutão à segunda divisão dos astros. O sistema solar passa a contar apenas com 8 dos planetas clássicos, os rochosos como a Terra e os chamados gasosos semelhantes a Júpiter. Propõe-se então, outra categoria – a dos planetas anões – onde se irá englobar Plutão e outros objectos espaciais pequenos.

A comunidade científica está, naturalmente, dividida; de um lado a ala dos que têm petizes em casa, do outro a dos que não têm! :)
Cá vai: Mercúrio, Vénus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano, Nepturno e …

3 comentários:

Anónimo disse...

Uau! Acabou de se fazer história.
Plutão já não é da categoria dos planetas!
Podemos mais tarde dizer aos nosso netos e bisnetos, que ainda somos da época em que Plutão era um planeta!

Astrónomo

V.F. disse...

Pois, o meu petiz já pode dizer aos netos que era desse tempo.

Mas isto, a meu ver, tem a interferência dos editores de enciclopédias...

magarça disse...

Não me conformo com a desclassificação de Plutão. Já não bastava acabarem com as linhas de ferro que demorei meses a decorar. Como me disse uma amiga, roubam-nos a infância toda.